5 de out de 2011

Fio dental

Leia imaginando a voz do Pedro Bial...


UAHUhauHAHuahUAHa

Senhoras e Senhores do curso de Odontologia.
Fio dental.
Nunca deixem de usar o fio dental
Se eu pudesse dar só uma dica sobre o futuro seria esta:
usem o fio dental!
Os benefícios a longo prazo do uso do fio dental estão provados e comprovados pela ciência. E nós sabemos disso.
Mas como paciente posso dizer que isso evita visitas traumáticas ao dentista.
O restante dos meus conselhos se baseiam na minha caminhada como acadêmica de odontologia de duas faculdades, três turmas diferentes, 2 república, morar de favor na casa de amigo e casa de mãe e 4 anos de faculdade.
Que aproveitemos todos os anos da faculdade antes que num piscar de olhos estejamos no último ano, lamentando a despedida.
Aproveitemos cada aula de farmacologia e gestão, quem sabe o quanto sentiremos falta delas.
Pela época da faculdade e para efeitos colaterais de fármacos.
Afinal, quem não reclamava do cursinho pré vestibular, de estudar por seis meses e ter a vida decidida em três dias... E quando olha pra trás lembra tantas coisas boas.
Nem tudo é bom ou ruim, em tudo há um pouco de trevas e luz
E eu ainda não ouvi falar de uma faculdade que seja fácil, pergunte pra qualquer estudante, sempre tem um professor osso duro, uma matéria chata... Sempre há problemas pessoais atrapalhando a vida acadêmica, a faculdade atrapalhando o namoro.
Tire fotos, principalmente das aulas com o colega como paciente... Da sua cara de pavor deitado na cadeira. Muitas vezes é assim que seu paciente se sente, e se você souber o que é isso, pode transmitir confiança e empatia.
Não se preocupe com o futuro, mas estude com antecedência para as provas, um semestre em uma madrugada é incompatível.
E também não deixe de estudar para as provas 'fáceis', muitas daquelas que você saiu da sala com a certeza de um 9, no mínimo, você vai ficar de exame.
Não seja leviano com as disciplinas básicas.
Use filtro solar, na praia e na fila do RU. Recomeçar as aulas com a cara queimada, ou por causa de um almoço sair com marca de regata não é legal.
Não perca tempo com inveja, tem o que estudou mais que você e tem o que nunca estuda e tira nota, mas isso não vai fazer a sua nota subir.
Guarde os cadernos antigos, empreste eles para os calouros. Ou no mínimo será interessante ler algumas coisas depois de alguns anos do fim da faculdade. Principalmente os rodapés e rabiscos do final da página.
Não se sinta culpado por não saber o que fazer, a graduação é longa e as especialidades são muitas.
Seja cuidadoso com a ATM, você não quer sentir falta dela.
Talvez você se forme, talvez não.
Talvez reprove, talvez não.
Quem sabe só algumas DPs, ou não.
Quem sabe você se forme e faça outra graduação e nunca mais queira ouvir falar de odontologia.
Mas sempre use fio dental.
Desfrute do seu corpo, e da sua coluna, enquanto ainda pode fazer isso, mesmo!
Leia as instruções, e se tratando de materiais odontológicos, siga.
Viaje, nem que seja a congressos, e principalmente se forem na praia. Ou até para Lavras.
Aceite certas verdades inescapáveis: As dentais ficam com seu dinheiro, e se você for seguir a profissão será sempre assim.
Cuidado com os trabalhos que comprar, se outra pessoa estudar para que você se forme, o dentista não será você. Não é um curso de odontologia por correspondência.
Cuidado com conselhos, muito mais com formulas mágicas.
Cada um tem uma maneira de ver o mundo, um jeito de estudar, as verdades são relativas.
Mas no fio dental. Acreditem.

Mayara Buss

3 de out de 2011

Felicidade

E nesse mundo online de informações regurgitadas nas nossas mentes e corações o que não falta são generalizações... Amor é isso, felicidade é aquilo, isto está errado, aquilo certo, ou o contrário. Cada um vende sua verdade, formulas mágicas de ser feliz, de amar, de amar pra sempre. E pobre de quem acredita, e vai viver a verdade do outro.
Aí vai ter quem diga, amor eterno não existe.
Como se cada um não tivesse seu jeito de ver o mundo e se relacionar e minha verdade não pudesse ser real, no MEU mundo.
Nós temos ideias e conceitos próprios, nós discutimos isso com nossos amigos, concordamos, brigamos, crescemos... Mas o mundo virou de ponta cabeça e agora quando falamos online, falamos para o mundo... Mas ainda conversamos sozinho. E a maioria não quer ler e conversar, absorver ou rejeitar ideias, conhecer conceitos, quer mesmo é brigar e impor seus pontos de vista...
E nós fazemos isso todos os dias, e sem perceber isso vai mudando nossa maneira de ver o mundo... É construtivo, porque não... Mas quando falamos a quem quer ouvir, como sempre foi feito, em mesas de bar, de shopping, de cantina...


E o que é Felicidade para você?

Algumas pessoas encaram a Felicidade como um momento, aquele suspiro, aquele sorriso, aquele olhar...

Eu só posso dizer que em mim, felicidade é tudo. Que esse momento é a Alegria.
E Felicidade é quando a Alegria está ganhando da Tristeza. É o saldo final, do dia, do mês, do ano. E pensando bem, isso me parece uma Felicidade bem otimista...
E dizer eu SOU feliz. Felicidade é um monte de Alegrias.