8 de jan de 2009

Bandeira Branca

não, eu não acredito na paz mundial!!
na verdade, acho uma grande ilusõa, das mais utópicas, o ânseio pela 'paz no mundo'... As civilizações se construíram atravéz, apoiadas e em meio a guerras pelas mais diversas causas, com os mais banais estopins, e não vai ser hoje que essa 'tradição' vai acabar.
É certo também que, se não fossem os apassivadores as batalhas seriam muito mais numerosas... Eu creio ser possível a amenização ao nosso redor, e ainda assim, nunca uma paz plena, afinal, conflitos nunca deixarão de existir... nossos pequenos círculos sociais formam grandes sociedades, com desavenças muito além do nosso alcance, compreensão ou interseção. Podemos apenas exercitar a amenização até o ponto do convívio suportavel, quem sabe até feliz, afinal, sem grandes comflitos, não haveriam grandes alianças!

6 comentários:

Henrique Mine disse...

Eu ja vivo em guerra permanente com a galera aqui de casa...Quem dira o resto do mundo...

xDD

Beeeijos

Ulisses disse...

acho que a paz nao é algo que se alcança.. é algo que se deseja apenas

Oi! disse...

Através é com S

Mayara Buss disse...

eh, ja descobri isso, os leitores vão se acostumar com essas e outras muito antes de eu aprender a escrever certo =P

Ulisses disse...

e conflitos é com 'N' mas vc já sabia disso =P
eaheaheaheha
se cuida =)

Luan disse...

Eu acho que o primeiro passo para alcançar a paz mundial é primeiro conseguir ficar em paz consigo mesmo... a convivência com os outros se torna muito mais agradável, na minha opinião.

O texto está muito bom, tirando os errinhos de digitação. Mas isso é só um detalhe que pode ser corrigido facilmente, hehe.