11 de jun de 2010

Anatomia

Bem vindos ao departamento de anatomia humana.
É aqui onde estão os cadáveres, usados para estudo e formação acadêmica de profissionais, e portanto merecem respeito, não brinquem com as peças nem chamem-os de 'presuntão', eles não gostam. Nem vocês vão gostar de lembrar dos corpos quando estiverem almoçando uma carne cozida ou comendo um presunto.
Existem três formas de chegar cadáveres para o departamento, indigentes do IML, que, se não forem reconhecidos por alguém da família são doados às universidades; por doação em vida, quando a pessoa registra num documento que deseja que seu corpo seja usado para estudo depois da morte, porém a família precisa concordar com a doação quando a pessoa vier a óbito; e a terceira maneira, alunos bagunceiros que vem ao laboratório brincar e tirar foto dos cadáveres. ah, é proibido fotografar.
Não precisam ter medo, lá não tem nenhuma alma viva além de nós. Os guardas que fazem a ronda noturna desse departamento já disseram que no meio da madrugada as luzes se acendem e os corpos fazem um forró todas as quartas, mas nunca foi relatado nenhuma festa durante a manhã, então não teremos transtornos. Quase não temos corpos femininos aqui, a maioria são de homens. As meninas que quiserem vir ao forró hoje a noite estão convidadas, mas só é permitido entrada de pessoas mortas.
O formol usado na concervação é muito volátil e tem cheiro forte, pode fazer arder o nariz e os olhos, quem se sentir mal, fique à vontade para seir e respirar um pouco de ar puro.

Podemos descer ao laboratório.



baseado em fatos imaginários
hahahah

7 comentários:

VaneZa disse...

Eiiiiiiiii! Sua sumida!

E esse texto me fez lembrar as minhas aulas de anatomia. Só que lá o cheiro não era bem de formal... era de podre mesmo. Sem contar que um cadáver inteiro era muito raro. Só tinha os pedaços... resto da turma da medicina.

BeijozZz

Shisuii disse...

Se a morte filosófica deixasse cheiro... teriamos problemas... mas teriamos o forró daquinta??

=***


Shisuii

Henrique Miné disse...

não entendo pq falam isso, quem diabos ri de um mooorto?

Se for no dia do forró até que vai, né...

Beijos.

Ulisses disse...

haha sempre tive curiosidade de ir num lugar desses, ainda mais sabendo que eles conseguem dançar!

A Mina do cara! disse...

gostei!
conheci por meio da Vaneza.
gostei do blog!

um beijo

Paula disse...

Esqueceu de falar q se tirarem foto, eles deixam o forró de lado por uma noite pra puxar seu pé a noite e falar q presuntão é a vó deles.

Leon disse...

HUAhUAHuHuah...
comédia vc...(no bom sentido)