19 de jul de 2011

Vício

Antes eu gostava, agora eu gosto da lembrança doce de como era bom gostar...

Acho que ainda é gostar, ainda é doce.

2 comentários:

Ana Carolina, disse...

Eu acho que a felicidade é uma coisa que a gente fica querendo por um tempão, aí às vezes a gente dá sorte e ela acontece, mas só por um instante. Daí em diante, vira saudade. E a cada dia que passa, a saudade transforma tudo em melhor ainda, mais gostoso, mais feliz. Mas a vida, mesmo, é feita de um ou outro instante maravilhoso, e o resto do tempo lembrando ou desejando.

Mayara Buss disse...

e lembrar também é tão bom